Atenção: NO lado esquerdo, quase no final, a outros principais arquivos do blog com milhares de fotos de nossos irmãos agricolanos.


ENCONTRO DE 2016 ,NA ASSOCIAÇÃO DAESCOLA,EM COLATINA,QUEM FOI, FOI, POIS A PRINCÍPIO NÃO TEREMOS OUTRO EVENTO MAIS. OBG PELA PRESENÇA DE TDS


















































































































Essa é a nossa irmã agricolana Marilene  Barbosa . Sei que mora em Vitória, mas não sei onde. Essa foto consegui no face. Muitas saudades de nossa amiga
Nossa irmã agricolana Marilene Barbosa

Música de Cirinho do Rio Doce (Cyro) em 
homenagem a cidade de Turmalina (MG)
video
video

Música " Na casa do bom homem quem não trabalha não come",no vídeo acima, de Cirinho do Rio Doce































Abaixo nosso querido Dentinho, o Sebastião Tom. Conheça sua família e sua fazenda  pelo blog   fazendapalmital.blogspot.com  (coee esse endereço e coloque na barra de busca da web, não pode colocar www)
Nosso queriro irmão agricolano Sebastião Tom (Dentinho)

Dentinho

Banda Marcial da Eafecol

Dentinho

Família de Sebastião Ton, o nosso querido  irmão agricolano Dentinho . Ele é dono da Fazenda Palmital em São José do Limoeiro, interior de Aimorés. Dentinho é muito querido na comunidade e continua muito trabalhador. Com a ajuda da esposa Odete e seus filhos Gustavo e Pollyana, Dentinho é um dos maiores produtores de café da região

Dona Odete Lúcia Bolsaneli Ton (Esposa do Dentinho) e sua filha Pollyana em seu casamento com Marcos (professor da Eafecol)

Gustavo (filho de Dentinho e Odete) e Pollyana


Família Dentinho: Gustavo, Odete, Marcos (genro), Polliana e Dentinho

Café na fazenda da família Dentinho

Puxando o pai Dentinho, Gustavo Dentinho formou-se em Técnico Agrícola   na nossa Eafecol


   
Foto aérea  da fazenda Palmital da Família Dentinho, em Aimorés, região de São José do Limoeiro



A bela Pollyana Dentinho é formada em Médica Odontologista

Dona Odete, Pollyana e Marcos
Nosso querido Eudes Roberland, pequeno na escola em tamanho, mas grande de coração e querido por todos
Eudes e sua família . Eles moram no Rio , mas não sei em qual cidade . Sei somente que nosso irmão agricolano trabalha com retro escavadeira








Esposa de Eudes esperando novo bebê

Esse abaixo é o inesquecível Amarildo Mulinare, o Maria Pomal. MOra em Niquelandia (GO), sendo vereador nesse mandato de 2013 . Contato com ele pelo fone: (62) 9958-1388
Maria Pomal marcou e´poca em nossa Eafecol, querido e amado por todos. Com certeza temos muitas saudades dele


Cirinho do Rio Doce em show no Teatro Nice Avanza


Cirinho do Rio Doce e Daniel Manga Rosa no Teatro Nice Avanza



Manga Rosa e a minha violinista Eveny MOura







http://www.youtube.com/watch?v=eG5pXsBmA_4
http://www.youtube.com/watch?v=30aaQ_WfTuM
http://www.youtube.com/watch?v=SexhiN8eMDo
http://www.youtube.com/watch?v=OEN8cWQcd-E




Olá!
 Meu nome é Rhayanna. Sou filha do agricolano Roberto Garcia (Pigmeu).
Gostaria de deixar registrada uma foto da nossa família (aquela que vocês colocaram foi uma tremenda sacanagem...rsrsrs).
Na foto: minha mãe Mara, meu pai, eu, meu irmão Betinho e minha filha Mel. Só faltou meu marido que estava tirando a foto.
Também estou enviando uma foto mais recente do tio Luíz com sua netinha Lara.
Nos divertimos muito vendo as fotos do encontro e ouvindo as histórias daquele tempo. Esperamos poder participar do próximo encontro para também fazermos parte dessa história.
Abraços.
Rhayanna

Nosso querido irmão agricolano  Luiz Antônio Garcia  Pigmeu e a netinha Lara

Esse é o nosso querido irmão agricolano Lucílio Favarato, o popular Pastel, um dos mais jovens da escola na  época, levou muito cascudo por causa da idade, mas levou numa boa e era querido e amado por todos os irmãos agricolanos . Tem esse apelido entre os irmãos agricolanos por causa da "orelha pequena"



Bom, espero que tds que vieram ao evento tenham gostado e matado muitas saudades . Muitas emoções e abraços por todos que chegavam . Agradecimentos especial a tds, principalmente a família do Serrote – Dona Eliani e as filhas Diana e Diná - que muito nos ajudou.  Bom, lero lero a parte seguem abaixo as primeiras fotos postadas. No decorrer do tempo  que chegam mais iremos colocando . As fotos  são de autoria do nosso irmão  agricolano e jornalista Guilherme klaws, de Teixeira de Freitas , e de sua querida  e estimada esposa;  além de Geca Bona, Careca, Sarnáglia e Joelson . E muito obrigado a tds os irmãos que vierem, muitos bem de longe. Depois, olhem a sessão recados, lá no final do blog.nc

RECADO IMPORTANTE AOS AGRICOLANOS
Não sei se sabem, mas nós temos direito a dois a três anos a acrescentar em nossa aposentadoria, segundo informa Jorge Gumieiro, morador de Aracruz, e irmão agricolano . Veja o recado e logo abaixo, o anexo: “Cyro, estou te mandando o modelo do documento para aposentadoria que se chama Certidão de Tempo de Aluno Aprendiz, para adquirir liga pra secretaria da escola e faz o pedido. Precisa informar o numero do pis/pasep, demora uns 30 dias pra escola entregar, pois vem de Brasília".
Um abraço do agricolano Jorge Gumiero.


Abraão e Darli Punheta em frente a placa que indicava a direção do clube. O que afinal, eles esperavam?



    Sem a ajuda total  da família Serrote, que se uniu toda em apoio aos nosso irmão agricolano Serrote, nosso evento não teria o mesmo brilho. Em nome  de todos os agricolanos o nosso muito obrigado a toda família Serrote: Dona Eliani e as filhas Diana e Daiani
Os barrigudinhos Dentinho,Celin, Jurandyr e Perereca

Bela brincadeira preparada  pelo Nosso Corujinha (Antônio Marssaro, Esconde Leite, Leiteiro) de  estouro de bolas, pena que foi já no final da festa, conforme  queixou-se com segurança Esconde Leite . Segundo Corujinha, no próximo encontro as camisetas deverão ser as mesmas usadas pelos Rei Momo

Galera em foto histórica . 
Zé Meningite, Geca Bona, Texaco, Galo Cego, Daulin, José de Assis (Mutum), Celim, Perereca, Dentinho, Cyro, Jurandyr, Caial, Leitão, Jegue Voador (Paulinho Donadia), Darli Morais Punheta, Geralda, Abraão, Estevão, Bombril, Serrote, Sossai, Walter Cata-Nica , Jaides Boca de Véia, Tadeu Grassi, Lúcílio Pastel, Vaca Doida, Sarnáglia, Guilherme, Corujinha, Joelson e Mazinho


Agricolanos da melhor qualidade: Joelson, Bombril, Jurandyr, Perereca e Coruja (Marssaro)

Parte da galera

Serrote e Daulinho


 Gordo, Serrote, Perereca, Vaca Doida, Serrote, Estevão e Nivaldo (esposo de Geralda)

Eloísio Sossai degustando o prato principal dos agricolanos . Foi servido muito ovo a vontade para a galera

Galera barra pesada: Punheta, Celin, Pinotti, Geca Bona, Joelson e Zé Meningite que não ficou quieto em nenhum momento, era só alegria em rever os irmãos agricolanos

Galera em pose . Nunca vi tanta felicidade e como me emocionei de reencontrar os amigos depois de 32 anos

Outra foto especial : gato, Geca Bona, Joelson, Caial, Pinotti, Perereca, Serrote e Texaco

Jaides Boca de Véia, Leitão e Joelson que veio de Belém (PA) especialmente para o evento



Caial, Joelson e Boca de Véia . Joelson era um dos mais pararicados pelos irmãos agricolanos

Pose de felicidade


                                             Mais uma foto histórica dos vovôs agricolanos

Cyro, Guilherme, Perereca e Jurandir

                                                                    Pinotti e Eloízio Sossai
Toy (Irmão de Cata-Nica), Lucílio Pastel, Edmar Careca, Celim e Galo Cego
Corujinha, Jaides Boca de Véia, Vaca Doida, Joelson e Sossai

                                                   Guilherme, Pinotti e Jurandyr
Guilher, Celim, Cyro, Galo Cego e Daulin Bonomo
                           Jaide Boca de Véia, Corujinha e  Mazinho
Cantando a "Natureza", de Pinotti , Joelson e Jurandyr

Jaides Boca de Véia  e Mazinho

Joelson, Jurandyr e Pinotti cantando a "Natureza"

                                      Galera no Super Mega Clube Portal
                 Galera em grupos matando a saudade depois de 32 anos
Parte da festa


Jaides e Vaca

Joelson, Bombril, Remelinha e Caial
O cabra da peste Abraão, de Medeiros Neto (BA), que ficou três dias perdido na fronteira do Mexicu e EUA comendo escorpião e delirando que por aquelas terras haviam muitos bodes e cabras pastando

Nossa linda e simpática madrinha Aninha, linda e gentil como sempre

O contagiante Estevão e sua família (Belo Horizonte (MG)

Evaristo Bayer Caial e a bela família (São Mateus)

Walter Cata Nica (Teixeiras de Freitas (BA)

Jaime Celim (Governador Lindenberg)

Corujinha (Eunápolis-BA), Jaide Boca de Véia (Vitória -ES) e Guilherme (Vitória-ES)

o Contagiante, extrovertido e escondedor de leite Corujinha. Desta vez mostrou o leite e veio num carrão, com ar-concdicionado e td

Idálio Bonomo

Dois tremendos sacanas e gozadores: Estevão e Darli Morais Punheta

Essa foto peguei no encontro, quem souber o nome de tds, mande que coloco

Eloísio Sossai, (?) , Caial  e Cata-Nica


Cata-Nica, Cyro (lindo, fofo e belo como sempre), Joelson, Jaides Boca de Véia , (?) e Juarez. Estamos esperando o trem, tentando driblar depois o bilheteiro do trem. Nem me lembrava dessa foto, mas me emocionou muito

Esse é o Vaca Doida  (Vitória -ES) cuidando da porca. Sei não, sei não, essa sevação td, sei não...

Ourta foto histórica: a bela, linda, elegante etd o mais Aninha, Joelson e a amada por tds nós professora Iracy . A peça teve como diretor Filogônio Barbosa, um dos grandes pintores brasileiros

Parte do público no clube

Geca Bona (Vila Velha -ES), que felicidade encontrar o amigo de 32 anos


Dois baianos comedores de acarajé: Guilherme e Cata-Nica

Jaides Boca de Véia, Estevão e Abraaão

Joelson (Tomé-Açú-PA)  fez um discurso que emocionou a tds

Agricolanos botando o papo em dia

O contagiante e sacana do Remelinha (Itamarajú-BA) e sua lindíssima  família

A alegria de Tadeu Grassi (Colatina -ES)

Vaca Doida (Vitória-ES) no evento. O detalhe é que está mais doido ainda!!!!

                                                                                
Nosso irmão agricolano Guilherme Vitória (ES) sendo recepcionado pela linda e educada família  Serrote


Darli Punheta (Alagoinhas -BA), Cyro (Linhares ), Joelson Almeida Ribeiro (Tomé-Açú - PA), Galo Cego (Posto da Mata - BA), Guilherme e Toy (Vitória-ES)

Parte do Super Mega Clube Portal - 27 de março de 2011

              Serrote e o contagiante Zé Meningite ( Frei Inocêncio-MG) colocando o papo em dia . O Meningite continua  aquele figuraço de sempre


José de Assis (Mutum) de Mutum (MG) conversando com Texaco

Texaco (Governador Lindenberg -ES), Sarnáglia ( Vitória-ES) e Ademir Celin (Governador Lindenberg-ES)

Jurandy Adelino de Almeida (Matias Lobato-MG) e Bombril (Colatina-ES) . 32 anos que não se viam

Perereca ( Frei Inocêncio - MG) e Bosquinho, Vitória (ES). Os dois eram os maiores pegadores da  pobre coitada da Mula Diamantina, ainda na carroça, para se protegerem  do coice



     
Jaides Boca de Véia (Vitória-ES), Abraão (Medeiros Neto-BA), Corujinha (Eunápolis - BA), Toy e Guilherme
Prato preferido dos irmãos agricolanos . As iguarias foram servidas somente para os agricolanos


Toda a aleria e emoção de Estevão Gordo Mutum (BH-MG) ao reencontrar Carlos Valter Cata-Nica (Teixeira de Freitas-BA) e outros irmãos agricolanos

Estevão, ao centro da foto, causou maior alvoroço com sua chegada e batendo papo com o nosso Perereca


Cata-Nica revendo Lucílio Favarato (Pastel), de Acioli (ES)

Professor Dardengo ao lado de Pinotti, colega de nossa turma  e que nos deu o orgulho de chegar a direção da EAFECOL . Nota-se a barriga de alguns, a do Ademir Celina, à esquerda já no oitavo mes de gestação

Geca Bona de Vila Velha (ES) e Ademir Celin (Governador Lindenberg-ES) matando a saudade

Professor Dardengo, Texaco, Gato (Rio Bananal-ES), Leitão (Governador Lindenberg) e Jurandyr . Agachados Pinotti (Colatina-ES) e Zé Meningite

Parte da galera


 Das quatro mulheres  da turma de 80, a presença de Geralda Braido, de  vestido azul


Cyro e professor Dardengo

 A nossa madrinha Aninha (Colatina-ES) e Joelson que trouxe um presente especalmente do Pará para a gata

Cyro e Aninha (que belo sorriso, heinn, Aninha?)

Guilherme que trouxe uma relíquia: a gravação do primeiro festival de música da Escola. Graças a ele, em breve estaremos colocando áudio de algumas canções

Celson Spinassé (João Neiva) e Guilherme, que muito nos ajudaram

Celim, Galo Cego e Bona


Celim, Tadeu Grassi e Geca Bona

Outra foto de parte da turma

Geca e Bombril

Os contagiantes  Fernandinha e Geca Bona

 Letra da bela canção de Pinotti, ganhadora do primeiro festival da Eafecol

CLICK na foto duas vezes , é o Sarnáglia dançando em arte  feita por sua bela, simpática, lindíssima e nossa irmã agricolana

Galera cantando Natureza, e um áudio regsitrado  por 32 anos pelo jornalista Guilherme

Guilherme , Pinotti e Jurandyr



 * Mandem fotos atuais para cyromoulinrego@hotmail.com , se quiserem, de toda a família. Se acharem erros de português, não me encham o saco, pois dá maior trabalho atualizar essa porra, mas é legal. Abraços a tds e boa viajem no tempo!!!!!! E não se esqueçam que estou confeccionando um livro sobre nossa passagem por lá. Afinal, o bosta do Lula mudou o nome da escola e, por isso,estamos sendo esquecidos pelo tempo .Então, preciso de fotos e histórias engraçadas e fotos antigas (se tiverem) . Fomos os pioneiros ! E, no final do blog, há a seção Recados . Mande o seu tb!!

Na foto,no alto: Fuzil, Beiçola, professor Molino, Geralda, Lucílio Leitão, José Maria Garcia, Prando, Edmar Careca, (?), Celim e Darli Punheta . No meio: Mazinho, (?), Estevão, Daulim, Sarnáglia, Creuzilda, Cyro, Marilene , Roberto Garcia (falava  muito na Transgarcia) e o baixinho envocado, mas gente fina do Eudes . Agachados: (?). Célio Caroço, Carlomam Beiçola, Boquinha, Jorge Cezana, Serrote, Júlio e Tadeu . Tenho muitas saudades dessa galera, parte dos 145 formados . Em breve, publicarei a relação de todos os 145 . A curiosidade da foto é que as únicas quatro mulheres pioneiras, assim como nós, homens também fomos pioneiros na Eafecol, se fazem presentes . Essa foto me deixou bastante emocionado e agradeço profundamente a Lacco Informática e ao Darli Punheta por seu envio . Mas a foto foi tirada pelo nosso querido irmão agricolano João Regis Maestri, hoje residente do Pará

 Foto carinhosamente enviada pelo nosso querido e amado irmão agricolano Francisco Sampaio, de quem temos muitas saudades e me deixou emocionado e deixará muitosa tb.Aos poucos vamos compondo nossa história . Não consegui identificar tds, quem souber mande detalhado. No alto dá pa se conhecer o Pomal, Juracy, Zé Lima, Vanusa (já Falecido), Karatê, Alípío, e só. Sentados: Juarez, Ubaldo, Francisco Sampaio e sua famosa barba e bigode, Laerte, Frenética, Leiteiro, Bode, e os outros não sei mais o nome ( me perdoem) .Mas a foto foi tirada pelo nosso querido irmão agricolano João Regis Maestri, hoje residente do Pará

Francisco Sampaio ao fundo, ao lado do Bode e do Milanezi (quem souber o nome de tds mande, por favor)

 Segundo Francisco Sampaio essa foto foi tirada atravessando o Rio Doce em Baixo Guandu quando caiu a ponte em 1979, no barco estão Texaco, Trigão , Francisco e o Fernando Leitão.


Segundo Abraão, de Medeiros Neto (BA), Antônio Marssaro, o nosso Corujinha (no volante), só anda de  carro velho quando visita amigos para " esconder o leite"  pois lá na fazenda dele " só tem carrão" . Segundo Abraão será nesse pau véi que Coruja vai a festa levando seus amigos Estevão Mutum ,Texaco e Galo Cego . Lá  na sessão de fotos de Corujinha bem abaixo, há mais carrões . Coruja  é um dos maiores incentivadores da festa e do blog

Conforme Abraão, como gosta mesmo de esconder o leite, Corujinha pretende levar não somente um pau véi, mas dois de uma vez, e levar os agricolanos Galo Cego, Jaides Boca de Véia, Frenética, Darli Punheta, Bode e Bombril para fazer uma média . Mas , segundo Darli Punheta , Corujinha visita os amigos de "carro véi" para que os  irmãos agricolanos mais pobres não peçam dinheiro emprestado. " Corujinha com essa história de visitar os amigos só de  "pau véi" mostra que le é muito esperto e malandro e não é a toa que é um dos maiores produtores de frutas do Sul da Bahia", observou Darli Punheta.

Mas Darli Punheta foi mais adiante: " Acabei descobrindo  que o nosso Corujinha é malandro, bobo que não é. Ele não só visita os amigos de pau véi com medo que peçam dinheiro emprestado, ou seja, para esconder o leite mesmo . Desta forma, sendo um dos maiores produtores de melancia da região  transporta sua produção em verdadeiros caminhões "pau vei", caindo aos pedaços, que deveriam ser proibidos de estar nas BRs. A  rabuda e gostosa da  Mulher Melancia, sócia de Corujinha, faz vista grossas a toda essa malandragem de Coruja. Essa foto eu tirei pessoalmente e comprovei tudo", afirmou Darli Morais, de Alagoinhas, o famoso Darli Punheta

De tanto ser sacaneado de estar escondendo o leite, marssaro resolveu abrir a porteira da fazenda e começou a mostrar todo o leite e disse que lá" não tem só pau véi", mas carros bons para transportar a produção e mandou avisar que "empresta, sim, grana para os irmãos agricolanos mais pobres. É só telefonar", ao " contrário do que falou o Darli Punheta", observou  Corujinha

Parte da  fazenda de Corujinha . Ele cansou de ser acusado por Abraão e Darli Punheta "de que estaria escondendo o leite para que não pedissem dinheiro emprestado a ele"


                                              Indignado, Marssaro mandou um recado para  Darli Punheta e Abraaão :"Na casa do bom homem quem não não trabalha não come" . Segundo Corujinha, essa frase aprendeu com o saudoso diretor Sebastião Pelúzio de Campos .Nota: Observe que o antes magrelo Corujinha tá com uma barriga dígna de ex-jogador do Corinthias
 . Conforme atesta Darli Punheta, à direita, se vê claramente um dos "pau véi" que Corujinha visita os amigos só para esconder o leite. Êta Corujinha esperto e malandro!!!
Mas segundo Darli Punheta, de Alagoinhas (BA), aquele belo caminhão mostrado por Coruja acima é "tudo armação" já que ele fotografou esse pau véi transportando a produção de Corujinha td quebrado e tombado na estrada perto de Eunápolis, que causou o maior engarramento

Mas conforme confessou por telefone Corujinha, caso um de seus inúmeros "pau véi" dê defeito tem esse ainda que sobrou para ir  buscar  no aeroporto de Porto Seguro o Zé Eutáquio, que virá de avião de Salvador (BA). Como ele irá o Galo Cego, o Jaides Boca de Véia, Darli Punheta e o Frenética

Coruja esconde o leite mesmo. Corujinha não tem jeito e foi receber Darli Punheta  de “ Pau Véi” que quebrou no meio do caminho . Punheta, que não presta nada, tirou maior sarro do malandro do Corujinha e ajudou a rebocar o bagaço
Darli Punheta, que não é nada bobo, já sabia que Corujinha iria chegar de pau véi, veja o recado de Punheta para os agricolanos:
Prezado Caga Osso: “Avise a galera que não sei se vamos chegar a tempo, veja nas fotos anexas, como esta sendo a viajem com os “carro véi” do Corujinha que continua insistindo em esconder o leite. Guarde uma pipa de cerveja que mesmo rebocado vamos chegar”.

Corujinha, na maior cara de pau, teantanto explicar a situação. Mas Punheta foi taxativo: " Corujinha vc não esconde o leite, apesar dos carrões possantes na fazenda, vc é um leiteiro mesmo" . Punheta disse que enquanto esperava Coruja chegar e conversou com as pessoas da região e " elas acabaram confirmando que Coruja é o  maior leiteiro da  região"

Darli Punheta, desolado, falou: " O Corujinha tá pensando que vim aqui pedir dinheiro emprestado para ele e veio nesse "pau véi ", sacanagem. Vou só de carona, mas de paú véi é foda", disse Punheta

Corujinha tentando passar o  " lero" em Punheta, mas Darli Punheta acabou tirando o maior sarro do malandro leiteiro do Corujinha
                                                                      

O lindo e belo Cyro Mouilin Rego tocando violão em frente a Eafecol  para os amigos Galo Cego, Bode, Vaca Doida e Cachorrão

 Nosso estimado e amado irmão agricolano Galo Cego com sua linda e educada  família, bem mais abaixo há mais fotos sobre eles . Confira
Na foto nosso querido irmão agricolano  Carlos Walter Cata Nica e Guilherme Klaws , famoso jornalista em Vitória. Tive o prazer de conhecer a família de Guilherme em Teixeira. Já a família do Cata Nica é simplesmente maravilhosa

 Esse rapaz bonito aí da foto é Darlan  Punhetinha, filho de Darli Punheta e Rosana, nossa irmão agricolana

Punhetinha e Punheta . Darlan é um fera: joga na Catuense, faz karatê e  natação

Punheta e Punhetinha em momento de intimidade

Rosana Punheta, esposa de Darli Punheta que atura o Darli há cerca de dez anos .

 Essa é a bela e simpática Rosana Punheta, nossa estimada irmã agricolana e mulher de Darli Punheta . Segundo ela, Darli Punheta continua com a mesma prática de antes, ou seja....


Nosso querido irmão agricolano Francisco Sampaio que marcou época em nossa escola, querido por todos. Na foto, ele está ao lado da bela e nossa cunhada agricolana Dona Rosa. Hoje eles moram em Corrégo Conquista - Quatituba - Nova Itueta/MG

Dona Rosa e Francisco no meio de nossa sobrinha agricolana mais do que bela Cheila

Francisco Sampaio e nossa sobrinha Mércya, mais do que bonita. Parabéns ao casal e principalmente a um feioso como o nosso irmão ter filhas tão bonitas. Pucharam a mãe, com certeza

Francisco e a bela sobrinha agricolana  Mércya

 Esse é o nosso querido Antônio Sena, o nosso inesquecível e estimado Remelinha, um dos agricolanos insquecíveis da Eafecol. Remela éum homem feliz hoje, com a grana cheia no bolso, é empresário bem sucedido e respeitado , além de fazendeiro em Itamarajú. Faz boas ações ainda já que Remela é presidente da Associação dos Cavaleiros do Extremo Sul na Terceira Idade (ACESTI-BA), com sede em Itamaraj
                                                                                     

Foto enviada por Remelinha: Neguinho(in-memorian) Abrão ,Sena e se não me engano Clovis
                                             Remela dando uma de " me engana que eu gosto"
Remela fazendo pressão no árbitro em jogo da última divisão de Itamarajú (BA), em disputa pelo oitavo lugar na competição

Nossa linda e elegante sobrinha Agricolana
Juliana Vargas Veskesky, filha do irmão  Mazinho Veskesky e Luciana, nossa cunhada agricolana

Mazinho curtindo a boa vida ao lado da filha, tá meio fortinho assim graças aos milhares de mingaus de café da manhã, ovo frito e cozido lá na Eafecol

Mazinho Veskesky curtindo a vida ao lado da bela esposa Luciana . A família reside em Vitória e confirmaram presenças no evento


Mazinho Veskesky no maio love e média com nossa cunhada agricolana Luciana . Lindo o casal, parabéns


 Esse é o malandro do Bosquinho, o nosso amado e querido irmão agricolano em Brasília (DF). Foi para lá para ver se conseguia uma "fezinha", afinal, Brasília é...né

O malandro e esperto do Bonsquinho dando uma de índio ao lado da amada, mas depois das fotos expostas mais abaixo dele, O Darli Punheta falou que nem apito tá soprando mais

Os lindos filhos do nosso querido irmão agricolano Bosquinho

 O malandro e esperto do Bosquinho ao lado das amadas . Bosquinho reside em Vitória

 Bosquinho em pose de artista de cinema, filme C, em pose para os irmãos agricolanos

 A bela família Bonsquinho

 O galã em mais uma pose

Na foto, nosso estimado e qurido irmão agricolano Francisco de Assis Fonseca, um dos maiores lojistas de Mutum (MG) . Francisco continua uma pessoa simples sendo muito respeitado e querido em sua cidade. Confirmou presença no evento


Os irmãos Francisco de Assis e José de Assis, que apesar da distancia, são nossos irmãos agricolanos . Estão entre amigos em bate papo informal


José Francisco entre sua bela famíllia. O danado do agricolano não mudou nada, nadinha, super conservado mesmo, talvêz efeito dos muitos ovos cozidos e fritos, mais o torresmo lá da Eafecol . Pra chegar onde chegou, ralou bastante e contou com uma família muito bela e unida. Parabéns ao casal . A esposa se chama Luiza de Fátima e os filhos Pedro Henrique e Mariana Luiza

José de Assis, como sempre, entre amigos

José de Assis em sua bela mansão em Mutum recebendo amigos


José de Assis em sua magnífica fazenda recebendo casais de amigos

José de Assis entre amigos


José de Asssis em momento festivo

José de Assis ao lado da bela esposa  Luiza de Fátima e dos lindos filhos Pedro Henrique e Mariana Luiza, nossos sobrinhos agricolanos

A bela, linda e simpática família Galo Cego que reside em Posto da Mata. Galo Cego é uma pessoa muito querida lá é respeitada, além de empresário famoso na região. Seus irmãos agricolanos tem orgulho de vcs, Galo Cego, que continua alegre, bricalhão e espírito de jovem de sempre . A ração para galo deve ter feito bem a saúde dele pq o Galo Cego não mudou nada, ou seja, está muito bem conservado


Caique, Camilla, Alípio, Iraci e meu xará Ciro . O nosso irmão não mudou nada, tá mais do que super conservado. Parabéns pela saúde e pela bela família
Formatura de nosso Alípio


Ao violão o nosso querido irmão agricolano Alípio e a diretita o Bode. Os outros ainda não sei quem são

Família Alípio


Alípio na formatura da filha e nossa sobrinha agricolana  Camilla e da bela esposa Irani, nossa irmã agricolana


A lindíssima gata Mylene, filha de Vaca Doida, e nossa irmã agricolana

Mylene, Regis e Graziely, filhos de Vaca e nossos sobrinhos agricolanos

Na foto acima o gente finíssima e que muitas saudades temos dele. Trata-se do nosso irmão agricolano Vaca Doida, pouquísssimo , bem pouco mesmo, conhecido como Carlos Angelo Frizzera . Na foto, ele está junto da família

Vaca foi um dos irmãos agricolanos dos mais doido mesmo, daí o apelido Vaca Doida. Mas foi um irmão agricolano que é querido e amado por todos nós. Marcou época na escola. Vaca mora em Vitória (ES)

 Nossa bela irmã agricolana Geralda Braido, ladeada pelos filhos e nossos sobrinhos agricolanos Marcos André e Ana Paula e o nosso cunhado agricolano Nivaldo. Que bela e linda família. Parabéns Geralda


Acima um dos mais queridos irmãos agricolanos: Adelmo Pereira . Foi um  cracaço de bola e querido por todos . Estará no nosso encontro em João Neiva . Ao seu lado, sua amada  esposa Madalena, nossa irmã agricolana

Na foto acima, a família Pereira : os filhos e nossos sobrinhos agricolanos Tafarel  , Catarina  ,Adelmo Pereira Junior ; Nilo e Zondina , pai e mae de Adelmo, respectivamente;   e Adelmo Pereira e sua amada Madalena.



Na foto acima o nosso grande e querido irmão agricolano Joelson Almeida Ribeiro, de São Mateus. Se não me engano, era um ponteiro direito  infernal no time lá da Eafecol e um dos melhores de nossa época. Joelson mora em Belém do Pará sendo empresário muito bem sucedido possuindo uma família linda, como mostra as fotos abaixo . Não deixe de ler na sessão recados um de Joelson muito emocionante

Essa é a nossa estimada irmã agricolana Dona Ilda, a dona do coração do Joelson . Dona Ilda, além de muito bonita, parece ser uma pessoa muito feliz ao lado do nosso querido Joelson

À esquerda, Acchilles de Nova Venécia (da terceira turma) e Joelson, mora em Tomé-açu.A foto foi enviada pelo irmão agricolano Joelson que mantém negócios nessa cidade

Belo níver em família de Joelson

Joelson em Buenos Aires com nossas sobrinhas agricolanas Tacila e Tamires

 Com muita grana no bolso depois de comer muito ovo cozido e frito e roubar muitas laranjas no pomar, há, esqueci do torresmo no almço e jantarm ,Joelson curte a vida tranquila após ralar muito no Belém. Parabéns, Joelson, temos muito orgulho de ti

 Natal em família na fazenda de Joelson

Natal na fazenda

Joelsno com nossas sobrinhas agricolanas num shopping na Argentina

Belo natal da família Almeida Ribeiro

Joelson e sua possante, uma de suas paixões


Careca é presidente dos Torcedores Fanáticos do São Paulo na Terceira Idade (Torfasp-ES)

Nosso querido irmão agricolano ao lado da amadíssma Beth ladeado pelas nossas sobrinhas agricolanas Isabel e Raquel


Família Careca em foto especial

Careca e Beth na igreja. Careca leva  uma vida espiritual muito bonita, voltada para os bons princípios familiares e  bíblicos

Careca e Beth

Careca  pedindo uns descontos a vendedora na Bolívia

Família Careca na fazenda

Nossas sobrinhas agricolanas filhas de Careca


Na foto, os inesquecíveis professores Iraci e Molino que, com muita competência, carinho e humildade, nos ajudaram a atingir a maturidade . Há mais sobre eles lá na sessão de recados


Jamil Boldrini ao lado da amada esposa e nossa irmã agricolana Joseildes. Jamil é um orgulho para tds nós, trabalhou muito, venceu na vida sendo muito respeitado em sua cidade Planalto (BA) . Jamil possui ainda fazenda em Colatina .Todos nós temos muitas saudades dele e ele virá ao nosso encontro . Jamil foi um dos irmãos agricolanos onde todos gostavam dele

Jamil tem dois postos de combustíveis, esse é um deles, quem passar por Planalto, pare, abasteça e dê uma abraço no saudoso Jamil . Se não tiver dinheiro, pode deixar fiado já que ele mandou avisar que, para os irmãos agricolanos, tá liberado, até o cafezinho

Jamil eo os filhos

 A bonita família Boldrini, também nossos irmãos agricolanos

Jamill fazendo uma média ao lado de nossa irmã agricolana Joseíldes

Jamil Junior e João Pedro, orgulho do casal e nossos sobrinhos agricolanos

Jamil em pose especial para nos

Jamil Junior e João Pedro estão no grau vermelho dso Karatê

Nosso inesquecível irmão agricolano Vanilson Moreira de  Araújo, O Karatê ou Nanuque, que marcou muito na escola e deixou muitas saudades entre nós . Além de advogado, é pessoa querida em sua terra  natal. Ao lado dele, o filho Pedro, nosso sobrinho agricolano

Diploma de advogado de Karatê

Karatê em pose de boa pinta


Aos 55 anos, o nosso querido João Efigen, o João Peneném, continua muito conservado, mas a cara feia é a mesma. Na foto, ele está ao lado da amada esposa e nossa irmã agricolana Edleide Peneném . Peneném foi um dos agricolanos que mais deixou saudades na escola e foi difícil localizá-lo. É empresário bem sucedido em Vitória da Conquista (BA)

João Peneném tomando todas ao lado do bacana e querido cunhado Cleverson Peneném

Peneném ao lado do dono da casa, o Guardião Conde Peneném

Família Peneném curtindo  numa bela picina

 Peneném fazendo um média com a bela esposa e dando aquele beijaço

Peneném ao lado da amada e da amiga Doutora Ilana

 João Peneném junto ao xodó Léo Peneném, o cata espinhas e cravos  particular, além de remelas,etc...

O mei-barrigudo Peneném entre os Edsons, um cunhado e o outro sogro

Família Peneném : Leda Marina Peneném  e André Peneném ( o caçula), nossos sobrinhos agricolanos . Bom, irmãos agricolanos, quem estava com saudades do nosso Peneném, deu para matar um pouco a saudade . Ele virá ao nosso encontro

Nosso grande irmão agricolano Tadeu Grassi, o inesquecível Tadeu . Pessoa calma, simples e que se só deixou saudades entre nós . Mora em Colatina e trabalha como representante comercial

A bela e linda família Grassi: A lindíssima e elegante esposa Célia e os filhos sobrinhos agricolanos Ana Lara e Bárbara. Parabéns Tadeu!!!

Esse figuraço da foto é um dos irmãos agricolanos dos mais bacanas e que muitas saudades temos dele . Esse e o  Frenética, pouco conhecido como Jaime Celim, reside no mesmo lugar, o Córrego Alegria, em Marilandia . Frenética, como todos nós o conhecemos é uma pessoa alegre e extrovertida, continua mesmo 

Frenética se arrumando para o embalo, em casa

Frenética fortalecendo juras de amor a amada, Dalva Gottardo Celim Frenética

A bela família Frenética, à esquerda a linda filha Leandra Frenética , nossa sobrinha

Os irmãos Frenética, nossos sobrinhos: Leandra e Leonardo que em breve estarão lançando o CD " As Frenéticas da Juventude"

Frenética e a bela Chica Frenética, a verdadeira dona da casa dos Frenéticas


Os Frenéticas na praia

O casal Frenética se divertidno

Frenética tomando tds ao lado da amada . O bom do nosso irmão agricolano é que a cara não mudou nadica de nada, continua feio como antes


Frenética avaliando sua próxima colheita de café

O casal Frenética td belo em dia de love na porta de casa no Córrego Alegria, em Marilandia

 O inesquecível agricolano Geca Bona e sua amada esposa e nossa irmã Fernandinha

 As irmãs Geca Bona, nossas sobrinhas

Foto histórica da Eafecol: Bom, dá para conhecer o Testinha e o Jaides Boca de Veía . A foto foi encaminhada pelo nosso irmão Antônio Marssaro (Arti-BA), o Corujinha . Nesse dia, segundo Coruja, os agricolanos estudavam a vazão do Rio São João (Foto: Corujinha)

 Estágio regado e pinga e vinho dos nossos irmãos agricolanos Tadeu Giuberti, Bosquim, Darli Morais Punheta, Sebastião e Waltemberg. Essa foto deve ter sido do ano de 1980, época em que começaram a ser feitos os estágios e foi feita em Mimoso do Sul. (Foto Darli Punheta)

 Darli Punheta em frente a escola, já na nossa festa de despedida . Lembro-me que quando fui para Guarapari foi o dia mais triste de minha, até hoje

 Darli Morais Punheta e seus pais maravilhosos. Tive o grande prazer de conhecê-los no dia em que foram a Eafecol


Irmão agricolano Eude Roberland e sua amada

 Quantas saudades temos de nosso irmão agricolano Adaucy Menegatti Lemos, o Jarrão

 Falar do Jarrão é bem fácil: ele era muito querido por todos  na Eafecol ,se enturmava em qualquer turma .Ficamos felizes em ver o Jarrão um homem vitorioso e trabalhador com uma família bonita. Temos muito orgulho de  vc, Jarrão

Família Jarrão

 Família Jarrão

Família Jarrão

 Esse posudo e metido aí da foto é o nosso agricolano "cabra da peste" João Rodriguês Píres, o Bosquinho . Bosquinho era uma dos irmãos agricolanos lá da Eafcol dos mais arretados

                                  Nem lá na Eafecol Bonsquinho encarava nada, nem roubo de galinha no aviário  "pra fritá" e " come com pinga" .Nem esse medroso aí Bosquinho encara!!

 O malandro do Bosquinho foi querer dar uma de esperto e quiz dar uma maior do que sua capacidade e se deu mal . Coitado!!!
Que issssooo Bosquinho??? A secura de agricolano foi a 32 anos passados!!!! Tá maus, hein. véi? Cuidado, cara, que pode ser denunciado junto ao Ibama. Cara, quem gostava de pegar mula e égua em barranco lá na Eafecol era o Perereca e outros . Putz!!


Assim que saiu da Eafecol, Frenética, nosso querido e estimado irmão agricolano Jaime Celim, passou a integrar o grupo As Frenéticas, de grande sucesso nos anos 80
 Nosso inesquecível irmão agricolano  Jarrão, mais conhecido por Adaucy Menegatti Lemos, em recente visita a Eafecol
Remela (Antônio Sena) é presidente da Associação dos Cavaleiros do Extremo Sul na Terceira Idade (ACESTI-BA), com sede em Itamarajú . Abraão e Alípio estão também se integrando ao a Acesti-Ba


Nosso querido irmão agricolano Fernando Nicoli, o Leitão, fazendeiro em Morelo, em foto enviada por amigos

Nosso querido Texaco, no carro acima, além de produtor rural trabalha em um posto de combustível . Ele é vizinho de Leitão, na foto superior



Acima , o nosso querido  e estimado irmão agricolano Antônio Marssaro (ARTI-BA), o Corujinha, em foto tirada em janeiro de 2011

Esse aí é o nosso amigo e querido Ideraldo Cruz (AMOFRAGA/TI) . Nem precisa falar o apelido... Era um craque de futebol

Na foto acima, nosso irmão agricolano Ruy Silva Medeiros , o Bode, mostrando serviço apesar da idade já avançada . Bode reside em Medeiros Neto (BA). A foto, tirada recentemente, foi encaminha a pedidos de seus amigos Zé do Leite e Quequé 

Esse tds lembram dele pois o rosto não mudou nada em 32 anos . É o Marreco, o querido Walmir Corona, cracaço de bola . Mareco trabalha há mais de 32 anos na Casa do Adubo, em Vitória, e a peladinha ainda é sagrada os domingos na vida de Marreco
      Esse belo acima é o também nosso irmão agricolano Wilton Rodrigues Passos, o Perereca, advogado conceituado na sua  terra natal Frei Inocêncio (MG) > Perereca, incrível, não mudou nada em 32 anos
É assim que reage junto aos parentes gozadores o nosso Jaides, quando é chamado de Boca de Véia , apelido gentilmente colocado pelos agricolanos lá na Eafcol . Por favor, agricolanos, não liguem para ele para chamá-lo de Boca de Véia . Ele não gosta! Please phone yes!!!!

 Vovó Jaides Boca de Véia, nosso querido irmão agricolano
Esse aí é o nosso popular na Eafecol  Estevão Gordo-Mutum . Gente da melhor qualidade e sempre muito carinhoso comos irmãos agricolanos . Continua um extremo brincalhão

Estevão Mutum-Gordo nas peladas em BH (MG) . Continua jogando da mesma forma lá da Eafcol, ou seja, nada . É um perna de pau e só está fazendo pose!! Disputava vaga junto comigo no quarto e último time da EAFECOL. Eu, por minha, disputava no mesmo time vaga na defesa com o Beiçola

Esse é o nosso Estevão, um dos mais terríveis gozadores da EAFECOL

Jabá

 Essa foto foi enviada pelo Vantuil Krigger, o nosso Boca Rica, lá de Boa Vista, no Acre, para que não nos esqueçamos dele

 Esse aí é o nosso Galo Cego, o Maurício Zatta, comerciante na Bahia . Foto enviada pela filha Pholiana

 Esse gente fina é o Roberto, de Mantena (MG), irmão de Luiz Garcia (MAFETI)

 Esse belo é o Jegue Voador, o Paulinho Donadia que, quando toma  umas,  fica pensando alto

O Índio, Dório Folador Morati, nos mandou essa foto como lembranças

 Essa foi foi enviada pelos familiares do Primo Dalmázio, o nosso Capitão Caverna

 Familiares do Vaca, Walter Frizzera, de Itaguaçú, também mandaram essa foto do irmão agricolano . A foto foi encaminha pelo filho dele

 Mesma cara de sempre, o nosso Serrote - José Geraldo Barcelos, continua o mesmo




                          
Essa cara feia acima   é do querido e estimado irmão agricolano Antônio Marssaro (ARTI-BA), o Corujinha, um dos mais populares e sacanas da turma de 80 . Lembro-me que naquela época Corujinha falava que "assim que saísse da escola iria pegar o CBT do pai para trabalhar na lavoura e plantar frutas, quero ficar rico". Atualmente é um dos maiores produtores de frutas no Extremo Sul , mas continua o mesmo brincalhão de sempre. É um dos maiores incentivadores do encontro e do blog. Marssaro se diverte muito ligando nas casas dos irmãos agricolanos  chamando-os pelos apelidos, mesmo depois de 32 anos. Há, sacana....

                                       A linda família Corujinha - nossos sobrinhos agricolanos

 Marssaro (ARTI-BA) dando uma de índio ao lado da amada, mas pelo que sei nem apito vem soprando há muito tempo

                              
Para esconder o leite, Marssaro (ARTI-BA) só visita os amigos a bordo dessa pick up velha e enferrujada, "só para esconder o leite", quem afirma  é   nosso irmão  Abraão, de Medeiros Neto (BA) :  "O  Coruja é um safado, anda "nesse pau véi" só para esconder o leite, mas em casa só tem carrão", disse Abraão .
 Essas declarações de Abraão, nosso estimado agricolano que ficou  três dias perdido no deserto da fronteira entre Méxi Cú e EUA, presenciei quando  o " pau véi" do Marssaro quebrou lá pela madrugada à fora  ,quando estavam a bordo além dois dois, o editor desse blog. Abraão ficou puto mesmo. Isso foi há três anos!! Sobre Abraão, soube que ele e o Bode estão fundando na cidade deles O Clube dos Fazendeiros Baianos da Terceira Idade (C - FABATI), com sede na vizinha Itanhém, onde reside o Bode
Segundo Abraão, "Corujinha é um safado e só anda em carros assim para esconder o leite"



A linda e bela família Corujinha, que sorte tem o Antônio Marssaro (ARTI-BA)

                                Marrsaro  (ARTI-BA ) e o filho





Caial (AMMI)  ao lado da amadíssina esposa Elenice, nossa irmã agricolana em viagem pelo Estado do Rio

Como sempre, posudo, Caial (Evaristo Bayer - AMMI ) dá ares de sua graça em terras Fluminense

 Caial (AMMI),  e Elinice fazem juras de amor. Desejamos felicidades ao belíssimo casal  (Caial, o belíssimo foi para dar uma melhorada  na tua barra aí junto a nossa irmã agricola)

 O astrofísico ucraniano Dr. Evharistov Bayervisk (AMMI- Kiev-RU), o Khaial ,em recente visita ao Rio
 Família Caial reunida: a belíssima Carol,Caial (AMMI) , Elenice e o outro filho de Evaristo Bayer, Rodrigo, agora nosso sobrinho

 O feíssimo Caial (AMMI),  ao lado da nossa  bela sobrinha Carol . Que contraste!!


 Família Caial no Jardim Botânico, fundado por Dom Pedro II, no Rio (RJ)

 Avós  Caial (AMMI),  ao lado do netinho

 Família Caial no Quitandinha,em Petrópolis

 Vovô Caial, o nosso irmão Evaristo . Pessoa querida e estimada em São Mateus (ES), onde reside e por todos os irmãos agricolanos. Caial é secretário-Geral  no município da Associação dos Mateenses na Melhor Idade (AMMI), voltada para pessoas da Terceira Idade .







Arrasado e desiludido com a vida, nosso irmão agricolano Darli Morais - o Punheta - fuma e bebe todas num bar no pior puteiro na periferia de Alagoinhas (BA) . Pensativo ,  depois de uma triste noite mau resolvida . Que será que aconteceu com o Punheta? Punheta é  frequentador assíduo dos bregas de quinta categoria na Bahia . Além disso, Punheta é vice-presidente da Associação da Terceira Idade do Forrozão do Irmão Chicô(ATIFIC-BA), em Alagoinhas . Abraços agricolanos, Punheta .


Horas depois, mais calmo e sóbrio, Punheta ( ATIFIC-BA)tenta resolver a situação e entender melhor o que aconteceu
No outro dia, Darli Punheta ( ATIFIC-BA) mais feliz, foi passear com a família

Depois...., quando Punheta ( ATIFIC-BA) já tinha esquecido o ocorrido

Esse da foto é o inesquecível Jaides Rogério Arpini , mais popular na escola como sendo Jaides Boca De Véia. Na foto, ao lado da esposa  e nossa irmã agricolana Cristina . Boca De Véia , como ele gosta de ser chamado, mora com a família em Vila Velha (ES) . Simples, nosso irmão agricolano marcou época na Eafecol sendo um dos mais brincalhões e gozadores lá!!


Sebastião Gumiero (diretor fundador FNETI - Secção MG ) , de Itapina, e seu irmão Jorge

Sebasatião Gumiero, nosso irmão agricolano. Ele é diretor/ fundador da Federação Nacional dos Empresários na Terceira Idade - FNETI ,Secção MG)

À esquerda , Paulo, irmão de  Sebastião Gumiero (diretor fundador FNETI - Secção MG ) e Jorge Gumiero. Os bacanas irmaõs são da bucólica Itapina


Sandra e seu marido e irmão agricolano Jorge Gumiero, irmão de Sebastião Gumiero

Nossos sobrinhos agricolanos Alfredo e Suzana, filhas do belíssimo casal Sandra e Jorge Gumiero . A família reside em Aracruz (ES)
 Nosso querido e estimado professor Roberto Firme - responsável pelo estábulo -, Jorge Gumiero e Jacob, funcionário da escola (Colaboração de Jorge Gumiero)

Jorge, Bley e Verdim, no último encontro na Eafecol, organizado pela escola

Joãozinho  Bayer (irmão de Caial -AMMI ), Abrãao Verdin, Bley, Eder, Jorge e Daniel , no último encontro de egressos da Eafecol


 Acima o impagável e arretado Jegue Voador (Paulo Donadia) um dos irmãos agricolanos  dos mais bacanas  da Escola. Está com sua esposa Noêmia. O casal tem o filho Raul, educado e muito gentil. Parabéns a família Jegue Voador!! Uma vez, sem grana, topou comer uma barata vivinha da silva para levar uns trocados . Esse é fera mesmo!!!


O nosso querido e estimado irmão agricolano Estevão - Gordo ou Mutum
Mutum passeando com um sobrinho com sua esposa e nossa irmã agricolana

 Estevão Gordo junto a um sobrinho

Os cachorros de Estevão . Para quem não sabe, Estevão, além de seu trabalho no Governo Federal, cria e vende cães de raça (jabá)


 Estevão Mutum-Gordo   dançando com sua Santa mãe no dia de sua formatura em Administrção de Empresas  . Parabéns, Estevão, que Deus abençoe a todos

Família Mutum reunida

Filhas do Estevão Gordo

 Filhas do Estevão Mutum junto a esposa

                                    
         Irmão agricolano Luiz Antônio Garcia, o Pigmeu , é secretário de Agricultura em Mantena (MG) . Gente Fina!! Atuante na sociedade local, é secretário-Geral e um dos fundadores dos Mantenenses Felizes na Terceira Idade (MAFETI) . Quem não se lembra do goleiraço que efoi o agricolano Pigmeu? quantas saudades temos do amigo. Lá se foram 32 anos!!

       
 
                                                
O popular  e querido Ideraldo Luiz da Cruz, o Bombril, em mais uma de suas palestras . Reside em Colatina (ES) . Bombril, como ele é chamado pelos irmãos agricolanos, é também uma pessoa muito querida na cidade sendo presidente de honra da Associação dos Moradores do Honório  Fraga na Terceira Idade (AMOFRAGA/TI)
                                     

 Pinotti e Fernando Dalla ao lado de Tadeu e Dardengo
Hoje aposentada e cheia de "cascaio" , nossa Ana curte a vida boa em Colatina (ES). A querida Aninha será nossa madrinha no segundo encontro da turma 80 - a primeira da amada Eafecol

 Zé Maria (irmão) e mãe de Ana, esposa do saudoso José Ribeiro, um dos diretores da escola
.

Aloyr Antonio Binda reside hoje em Portugal junto com sua família . Em breve voltará a terra original ...

Ademir Celim reside em Governador Lindenberg (ES) e trabalha na prefeitura local . Ele ajuda no segundo encontro sendo uma pessoa querida e respeitada em sua cidade



Parte da galera no primeiro encontro da Turma de 80, em Linhares, há três anos : Dentinho, Jorge Prando,Remelinha (presidente da ARTI-BA) ,Cyro,Celin,Cata-Nica,Leitão,Galo-Cego e Corujinha ( frequentador da ARTI-BA) e sua barriga


 Parte da galera no primeiro encontro em Linhares



Nossa escola, quantas saudades dela!!

Eude Roberland ao lado de sua amada . Trabalha com retro escavadeira no Rio de Janeiro . Quem  não se lembra desse baixinho envocado e que todos gostavam muito e que muitas saudades temos? Grande Eudes!!!

Zé Eustáquio, escritor e professor universitário em Salvador (BA) . Foi um dos agricolanos mais populares da época

Remelinha e Dentinho, esse último é fazendeiro em Aimorés (MG) tendo uma família linda . Além de empresário e fazendeiro em Itamarajú, Remela é presidente da Associação dos Cavaleiros do Extremo Sul na Terceira Idade (ACESTI-BA), com sede em Itamarajú . Foto do primeiro encontro da Turma de 80, em Linhares (ES)

A linda da foto é filha do Geca Bona . Filha de agricolano, sobrinha é!! Paragéns a td família Gêca!!!



 Jorge Prando atento aos dezenas de discursos de Marssaro depois de umas e outras no primeiro encontro . Coitado de nós e do Prando que tivemos que aturar o Corujinha... Marssaro, por sinal, é frequentador assíduo em Eunápolis (BA) do Forrozão da Jurema, organizado pela Associação Renascendo na Terceira Idade (ARTI-BA)
 O da direita é o Pomal (Amarildo Mulinare) . Pomal reside em Niquelândia (GO), é comerciante, escritor e político local

 Dois figuraços: Remelinha (presidente da (ACESTI-BA) e Texaco durante o primeiro encontro em Linhares . O primeiro é fazendeiro e Texaco agricultor em Morelo, interior de Gov Lindemberg (ES)

Sarnáglia

Outra foto do Sebastião Sarnáglia, o Sarnáglia, nosso atleta da escola que continua correndo em Vitória

 Sossai , diretor do SAAE de São Mateus, onde mora em São Mateus
Sossai, Prando, Remela (presidente da (ACESTI-BA ) e Corujinha ( frequentador da ARTI-BA) no primeiro encontro  da turma de 80,em Linhares (ES)

Karatê (Vanilson Moreira de Araújo ) é muito conceituado e importante na sua terra natal que é Nanuque (MG)

Karatê (Vanilson)





                                Luá e Fauna, dois dos mquatro filhos de Cyro Moulin Rêgo

Flora e Fauna, filhas de Cyro Moulin Rêgo


Luá, filho de Cyro



                                   
Além do violão, gosto de pintar quadros e cuidar do jardim de casa nos finais de semana



Minha filha DJ Flora, em Vitória


Eu e minha gata Mileide . Tô muito triste pq o babaca da foto passou criolina numa pequena ferida que não curava,resultado, não viveu nem uma hora. Criolina é uma peste

Eu e meu violão

                                                                              Eu (Cyro)




Em casa



 Em casa

Ao lado de minha amada eterna e abraçado por minha irmã Silvana

Eu, belíssimo e lindo, como sempre

Casa

Flora

Flora


 Outras duas filhas  de Cyro Moulin Rêgo, Flora e Brisa



 Nosso irmão agricolano Eudes Roberland

 Eudes Roberlan e seu filho

Eudes em família

Eudes Roberland

                                                               Zé Eustáquio e sua família



             
              Cidade de Colatina município onde fica a Eafecol
Colatina, uma das   mais importantes cidades do ES

Vista de Colatina

















Nova ponte em Colatina


Quem não se lembra?


Lago e floresta da escola

                               Ginásio em homenagem a Sebastião Pelúzio, nosso ex-diretor

                             Quem não se lembra?

Para matar a saudade

Aqui saímos da fase de meninos e nos tornamos homens

Linda como sempre

Quantas vezes fui chamado e nunca fui!!Que vacilo!!!
Rio Doce nas mediações da escola


 
Notícias da galera de 80!!!Por onde andam os agricolanos?

 Ontem fiquei sabendo do falecimento do nosso amado professor Elizeu Rodrigues, o Massete .  Uma vez, ao pegar uns colegas com uma garrafa de pinga na mão, Massete esculhambou a tds. No final, saiu-se com essa ; " É boa essa pinga? deixa eu provar se é boa mesmo" . E deu uma bela golada na branquinha . E em frente ao prédio de entrada principal .
 E quando o professor Massete explicava, explicava, explicava, e ninguém prestava atenção na aula . " Voces são uma cambada de burros mesmo. Querem ficar burros, problema de vcs. Tô fazendo a minha parte"
 Ou, então, quando após aplicar a prova escrita pegava a Rural e ia para o bar lá no trevo do São João Grande e retornava e pegava a prova . Que Deus o abençoe!!

O impagável e incorrigível Paulinho Donadia, o Jegue Voador, reside em  São Mateus sendo empresário do ramo de pré-moldados, no bairro Litorâneo. Jegue Voador é uma pessoa muito querida em SM e continua alegre e divertido, como sempre. Paulinho é daqueles amigos "amigos de verdade", que tem de ser preservados . Toma todas, como agricolano verdadeiro!!!

Antônio Marssaro, o Corujinha, continua também o mesmo gozador de sempre. Fora o barrigaço, a cara feia é a mesma . É produtor de frutas em Eunápolis, sendo um dos maiores naquela região. Carinhoso, Corujinha sempre pergunta pelos agricolanos quando me telefona .Corujinha foi um irmão que marcou a todos na Eafecol .
 Na Bahia ainda está Remelinha, o nosso querido irmão Antônio Sena, onde é dono de uma empresa da área alimentícia. É ainda um grande fazendeiro . Continua o mesmo amigo de sempre, alegre, e prestativo. Quem é que não se lembra de Remela na escola?
Nosso amigo Jaides Arpini, o Jaides Boca de Véia, mora em Itaparica, Vila Velha (ES),  trabalhando no ramo de piscinas . Depois , já na Terceira Idade, continua o mesmo brincalhão e com a cara feia, de sempre.

Francisco de Assis Fonseca e seu irmão José de Assis Fonseca moram em Mutum . José tem a maior loja da cidade e Francisco reside no interior num lugar chamado Racha Pau .

Carloman de Aguiar, de Galiléia (MG), mora há muito tempo nos Estados Unidos, quem quiser tenho o e-mail dele.

Da mesma cidade de Carloman, o nosso querido Gilmar Araújo reside em Figueirópolis do Oeste (MT) há tempos . Falei com ele há cerca de quatro anos, por telefone .

Eloísio Sossai reside em São Mateus sendo  empresário na cidade. Seu irmão Luiz Carlos, é diretor do SAAE local .  Os dois Sossai são pessoas queridas e respeitadas em São Mateus . Eloísio continua o mesmo, simples e grande agricolano. Sobre Luiz, é outro que deixou marcas em nossos corações .

Recebi mensagem de João Régis Dalla Maestri, de Colatina, parabenizando pelo conteúdo do blog. Abaixo, há informações sobre ele. O irmão agricolano completa 27 anos de casado , 4 filhos " .  "São  o meu orgulho , o mais velho é o Felipe ele é formado em Odontologia o segundo é o Alvino que é formado em medicina o terceiro é o Régis , formou-se em   farmacia e a mais nova é a Mayra que esta no terceiro ano de engenharia florestal, todos na Universidade Federal do Pará - em Belem", informa João Régis . 

Quem elogiou ainda foi o querido e estimado José Eustáquio Queirós .

Recebi a triste notícia do falecimento de nosso irmão Aloísio Donatti,ocasionado  por problemas com a hepatite, em 23 de outubro de 2010. Ele residia em Colatina e possuía uma empresa de ônibus . Faleceram ainda o Celso Fávero, o Hiran Carlos Bom Jardim, ambos vítimas de acidente de trãnsito.

Mantenho contatos periódicos pela internet com o Careca (Edmar Menegucci), Estevão (Gordo), Darli Moraes (Punheta) e Joelson Almeida, de São Mateus, que reside há muitos anos no Pará.

Nosso irmão Primo Dalmazio, o Capitão Caverna, de Nova Venécia , mora ainda nesta cidade de Norte Capixaba  . É produtor de agricultura orgânica, além de trabalhar com inseminação artificial sendo ainda referência como modelo no município. Dá sempre palestras no Norte sobre orgânicos. Foi candidato nas últimas eleições a vereador pelo PT . A família dele agora dá no pé dele por causa do apelido .

Ruy Silva Medeiros , o Bode, é professor e diretor da Escola Família Agrícola de Itanhém (BA) . Foi divertido ligar na escola e procurar por um tal "Bode". Ninguém sabia, pelo menos  até o telefonena para convite do encontro . Coitado do bode!!! Foi atender justamente uma aluna da instituição .

Nosso amigo Ivan Neves Pinheiro é agricultor e mora no Distrito de São Geraldo, em Mantenópolis (ES).

Não me lembro de sua fisionomia e nem sei de qual cidade ele é, mas Mauro Levy Dalmagro mora em Rio Branco, no Acre, há muitos anos. 

Alcino Silva, o Iúna, mora em Sooretama (ES) sendo pessoa respeitada e querida pela comunidade. É secretário de Agricultura e grande produtor de maracujá.

Ataíde Spada mora em São Mateus e exerce a profissão de Técnico Agrícola.

Juarez Simil de Oliveira, irmão do Maneti, passou recentemente num concurso para a CIA de armazéns de Minas Gerais, mas não sei em qual cidade mora.
Juracy  Adelino de Almeida, foi candidato a vereador nas últimas eleições em Matias Lobato (MG), pelo PT, mas não conseguiu se eleger. Ele é gêmeo de Jurandir sendo professor e empresário em Matias Lobato (MG) .

João Regis Dalla Maestri, de Colatina, mora no Pará sendo presidente da Associação de Criador de Manga Larga naquele Estado e importante produtor. Reside em Dom Eliseu, município que faz divisa entre o Pará e Maranhão e próximo a Paragominas.

João Evaristo Effgen, o João Penené, de Marilandia, possui uma loja de produtos agrícolas em Vitória da Conquista, na Bahia.

Tadeu Giuberti, de Colatina, mora nesta cidade no bairro Marista e trabalha como representante comercial há anos.

Joel Lacerda da Silva é pequeno agricultor em Guarapari, em Amarelos.

Já o Eloyr Antonio Binda, o Binda, de São Domingos do Norte, mora em Portugal

Diucemar Vesqueski Machado, o Mazinho, de Colatina, trabalha em Vitória na Marka Ambiental.

Jamil José Boldrini, de Marilandia, possui um posto de combustíveis, o Posto Cidade, em Planalto (BA) . Essa cidade é ao lado da cidade de Poções e colada em Vitória da Conquista. Possui outro posto ainda em Alfredo Chaves (ES).

Josmiro Roberto de Freitas trabalhava no Incra, em Brasília, mas abandonou a função (2010) .

Dório Morati, o Índio, de Itapina, reside em Vitória, mas está se mudando para Linhares para trabalhar numa fazenda.

Perereca, o nosso Wilton Rodrigues Passos, é advogado em Frei Inocêncio.

O José Carlyle Moulin de Souza, do 14 do Mutum, trabalha com reforma agrária para o INCRA na região de Ji-Paraná, em Rondônia.

O Boca-Rica é fazendeiro no Acre, possuindo pelo menos umas 2 mil cabeças de gado lá.

 Pelo que fiquei sabendo os irmãos Júlio Ribeiro Dutra e Carlos Francisco Ribeiro Dutra (o Pedro Canário) moram em Ji-Paraná, em Rondônia. Júlio trabalha em uma loja de agropecuária e o Pedro Canário não sei o que faz  .

O Piloto, Josil Cassani, possuia um frigorífico na Tombo da Onça, em São Gabriel da Palha. Mas há cerca de dois anos mudou-se para o Mato Grosso. Seu filho, Eduardo Junior, trabalha no Siccob de São Gabriel da Palha .
O Itamar Boquinha, de Colatina, trabalhava como funcionário da CEF na cidade. Saiu do banco e não sei por onde anda.

Quem não se lembra do Dentinho? pois é, continua o mesmo: simples, humilde e muito amigo e tem uma família belíssima . É fazendeiro de gado e café em Aimorés (MG)

O Lúcio Lebarch tem ainda sua venda em Itapina, onde mora ainda o Testinha, o Laerte e outros.

Nosso amigo Robson Vitali, o Tomatinho, de Colatina, faleceu há cerca de 10 anos vítima de câncer. Tenho muitas saudades dele, pois acho que eu era um de seus melhores amigos.

Soube que o Tadeuzão, de Baunilha, teria falecido vítima de afogamento em Guriri há um tempo.
 E como a maioria já sabe, o Iram Jardim, também faleceu vítima de acidente de carro perto de Medeiros Neto (BA).

Não tenho certeza, mas parece que o Marco Antônio Lopez,  o Huck, faleceu depois de se afogar na Lagoa Juparanã em Linhares  nos anos 90. Mas o José Augusto Covre, também de boa Esperança, cidade do Huck, pensa a mesma coisa .

O impagável Jailton  Neguinho, de Teixeira de Freitas, também foi vítima de acidente, desta vez de carro, tendo falecido também há cerca de dez anos.

O Geraldo Barcelos (Serrote) e o Lúcílio ( Leitão), além de seu irmão Edmar (Leiteiro) , moram como sempre em Acyoli (João Neiva) sendo grande produtores de leite e de gado de corte . Já Serrote é um grande produtor de café e gado em Acyole, aliás, o maior produtor de café da região . Leiteiro tá com uma enorme barriga .
 O Adaucy Menegatti (Jarrão) trabalha com publicidade em Mova Almeida, na Grande Vitória.

Bom, em Linhares, onde resido, mora ainda o Helvécio, o Fuzil, que trabalha numa fazenda do Wanderley Ceolin. Seu irmão Revólver é agricultor em Itaçu, em Itaguaçú.
Há anos, em Guaraparí, encontrei o Lima, aquele negro bom zagueiro do nosso time, pequeno agricultor no interior do município, em Amarelos. Continua o mesmo, não envelheceu, e calado.

O Pinotti, o Prexeca, a Geralda e a Penha trabalham há anos na nossa escola.  Nosso amigo Pinotti, por exemplo, nos deu a honra de ser o diretor da unidade, mas agora saiu da EAFECOL e trabalha no IFES, em Colatina

E nosso amigo Ideraldo Luiz Cruz, o Bombril, craque do futebol de salão, é funcionário federal trabalhando com inspeção federal de laticínios em Colatina .

Eude Roberland mora no Estado do Rio e trabalha com terraplanagens  . Sempre mantenho contatos com ele pelo Orkut .

Já Geca Bona possui agora um restaurante na Rodoviária de Vila Velha (ES).

Amarildo Molinari (Pomal) mora emNiquelandia (GO) sendo escritor, político e empresário conceituado lá.

Caial (Evaristo Bayer)  reside com a família em São Mateus trabalhando com reflorestamento em uma empresa da região.

Carlos Valter Cata Nica é empresário em Teixeira de Freitas (BA) .

 O Galo Cego (Maurício Zatta) é empresário também em Posto da Mata (BA).

Sarnáglia, nosso atleta da escola, é funcionário da Escelsa e residem na Serra (ES).

Creuzilda e Marile moram na Serra eVitória, respectivamente, mas nunca mais tive contatos com elas.

Geraldo Poca-Rádio é empresário em Teixeira de Freitas (BA) .

 Célio Fernandes Santana (Caroço)  mora há anos em Rondônia mas não sei em qual cidade.

Joelson Almeida Ribeiro é empresário em Tomé -Açú, no Pará .

Tive o Prazer de encontrar o Estevão Marchezini, o Gordo ou Mutum, quando era reporter da A Gazeta no ES , durante uma cobertura na Serra do Caparaó por causa de fogo, onde ele era o diretor do parque local. Estevão, na ocasião, conforme pude apurar, fazia um excelente trabalho e era querido por todos no Entorno do Parque do Caparaó.

Darli Morais , o Punheta, mora há vários anos em Alagoinhas (BA) trabalhando com reflorestamento e corretor de imóveis .

Alípio possui uma livraria dentro da faculdade de Itamarajú (BA)

E Sebastião Gumiero é empresário do ramo de bares em BH, Minas Gerais .

............................................. 

 Mande para:  cyromoulinrego@hotmail.com
Deixe aqui seu recado:


.........................................................................................................................................
Cyro e Serrote
Gostaríamos de agradecer pelas emoções que proporcionaram neste reencontro. Geca está até mais desestressado, mais alegre. E a fam´lia agradece. Aguardamos a próxima. Vamos tentar não perder o contato c/ os agricolanos. Achei todos eles o máximo, mesmo o tempo sendo curto. Abraços.Aqui vai algumas fotos, mas as que vc colocou no blog estão bem melhores.
Geca Bona e Fernandinha
.
................................................................................................................................................................. 
Caros Amigos Cyro e Serrote,
Infelizmente não pude ir ao encontro dos nossos amigos agricolanos, por motivos de saúde, peguei uma virose forte e não pude viajar!
Porém acompanhei o blog e já vi todas as fotos! Espero que o contato continue, que mais encontros possam acontecer e que eu possa ir nos próximos!

Abraços João Peneném, Vitória da Conquista (BA)
......................................................................................................................................................................
Cyro, você e o Serrote e todos que ajudaram na preparação do encontro estão de parabéns, tudo estava muito bom. No momento em que cheguei e que vc me levava a cada um, fiquei um pouco perdida tentando encontrar, lá nas minhas lembranças, o rosto e o nome daqueles senhores. Tentei encontrar aqueles meninos e via homens já maduros, com famílias e até cabelos brancos. Mas depois, observando as brincadeiras e a forma tão descontraída como vcs se relacionavam, inclusive usando no crachá os apelidos e não os nomes, pude ter o prazer de encontrar os adolescentes de 30 anos atrás. Como disse ao Edmar, através do orkut, foi muito muito muito bom ver que todos conduziram tão bem a vida. Que  Deus os ajude a conservar tudo o que construiram. Beijussssssssssssssss
Ana Ines Lins Ribeiro da Costa, Aninha, Madrinha do Evento
...................................................................................................................................................................
Olá Ciro e Serrote
 Agradeço a vocês pela linda e calorosa recepção,o encontro foi tudo de bom....fiquei todo momento muitoooooooo alegreeeeeeeeeee,emocionado,e muito mas muito mesmo contente de ver quase todos meus colegas que a 32 anos não os via...RAPAZ até minha pressão subiu,tive que sair mais cedo e não despedir porque sabia que ficaria pior com minha pressão,ai fui saindo pé ante pé,e FUIIIIIII,mas meu coração foi bem apertadinho apertadinho.
 FOI TUDO MUITO BEM ORGANIZADO,PEÇO DESCULPAS SE COMETI ALGUMA GARFE,MAS O MEU OBJETIVO FOI REALMENTE EM FICAR CONTENTE,E FELIZ.
 Agradeço a vc e ao Serrote,e demais pessoas que colaboraram com o sucesso deste GRANDE EVENTO....
 FANTASTICOOOOOOOOOOO.......
 GRAÇAS AO NOSSO PAI CELESTE QUE TODOS RETORNARAM PARA SEUS LARES COM SAUDE E PAZ..
 AMEM!!!
 UM GRANDE ABRAÇO A TODOS ,E QUE TODOS SEJAM MUITO FELIZES...ENCONTRAREMOS MAIS VEZES ...
 ESTÊVÃO MARCHESINI(GORDO MUTUM-MG)
Em 28 de março de 2011 13:49, Cyro Moulin Rego <cyromoulinrego@hotmail.com>

 ...................................................................................................................................................................
Date: Fri, 25 Mar 2011 13:03:49 -0700
From: guiklaws@yahoo.com.br
Subject: FOTO PARA O BLOG EAFECOL
To: cyromoulinrego@hotmail.com
Olá, grande amigo "Cyro Jr"!

Aqui é o seu amigo Guilherme Klaws!  Que bom visitar o blog que vc fez!  Estou me preparando para ir ao segundo encontro com minha família, ok? Esposa e um casal de filhos (8 e 14).  Estou enviando uma foto (a primeira de uma série de tantas, se vc me permite) para ser postada no blog. Você pode fazer isso antes do encontro?
 Não sei se você sabe, mas me tornei Jornalista pela Ufes. Apresento um programa de economia e desenvolvimento (chamado "Oportunidades") na TV Educativa (o programa passa também na TV Colatina e na TV Litoral (São Mateus).  E também trabalho como repórter de rua na TV Capixaba (Band).
 Um abraço!

Guilherme Klaws (que era de Teixeira de Freitas e firmou raiz em Vitória)


 
.....................................................................................................................................................................
Querido e inesquecível Cyro Moulin
Por falar em Cyro tenho um filho que se chama Ciro, não é famoso quanto ao colega. Vai um breve relato de minha familia. Algumas fotos:JOSÉ FERREIRA FILHO - Alípio - Formado em Direito
IRANI GONÇALVES SANTOS FERREIRA - Esposa - Professora
CIRO GONÇALVES FERREIRA - Fisioterapeuta
CAMILLA GONÇALVES FERREIRA - Filha - Advogada
CAÍQUE GONÇALVES FERREIRA - 3º Ano - Ensino Médio
THAISE COVRE SOSSAI - Esposa de Ciro
Voce o que pode fazer com estas fotos, sem gozação.
Vou esforçar-me para está presente no encontro do dia 27, caso não tenha condições de está presente te ligarei até o dia 26.
Abraços a todos agricolanos.
Ferreira ou Alipio, como quiserem.
21 de março de 2011 19:24 
 ....................................................................................................................................................................


From: sultrigo@hotmail.com
Subject: RE: ùltima chamada festa 32 anos
Date: Thu, 24 Mar 2011 21:53:15 +0000
...............................................................................................................................
Boa noite Caga Osso ,(grande CYRO ) pelo menos coloque uam foto de um cavalo mais chamoso , qual é o traje? calça , bermuda ...o pessoal vai levar as repectivas familais ? isso é muito legal talez vai minha mulher e uma das filhas.
 
vou mandar mais fotos da familia
REMELINHA
..................................................................................................................................................................
From: cheilasampaio@hotmail.com
Subject: Francisco Sampaio (EX aluno Eafecol turma de 80)
Date: Thu, 24 Mar 2011 18:52:50 -0300
Boa noite Cyro Moulin Rêgo
Olá... Sou a filha de Francisco e assim que fiquei sabendo do encontro ele pediu para entrar em contato... Adorei o Blog da turma esta muito legal.. Meu pai Francisco Sampaio  riu muito das fotos... e mandou algumas para você. Hoje ele mora em Corrégo Conquista - Quatituba - Nova Itueta/MG. A 1° foto e na escola na sala de aula, apresentação de um trabalho em grupo, ele saiu para tomar água e encontrou a outra turma tirando foto e entrou no meio deles ( é a 2° foto) e a última é atravessando o rio doce em Baixo Guandu quando caiu a ponte em 1979, no barco estão Texaco, Trigão , Francisco e o Fernando Leitão. 4° Foto: Sua esposa Rosa, sua filha mais nova Cheila. 5° foto: Ele e sua esposa 6°foto: ele com sua filha do meio Mércya e com a sua filha mais velha Walessa (7° foto)..Espero que goste e que eu tenha contribuido pra o seu blog.... Tá D++++....
para entra em contato com ele é (33) 32662190
Boa noite e fica com Deus..
Bjãoooo...

From: jmaestri@uol.com.br
To: cyromoulinrego@hotmail.com
CC: yguines@hotmail.com
Subject: Re: Bom dia, festa dia 27 março


Prezado Colega e amigo.




Esta chegando o dia de tão esperada festa, desejo sucesso , sinto não poder estar presente , mas estarei certo das exelentes lembraças atualizadas .
Sucesso Cyro , e um forte abraço a todos .
From: my_lenacarla@hotmail.com
To: cyromoulinrego@hotmail.com
Subject: fotos carlos frizzera (vaca)
Date: Mon, 21 Mar 2011 03:45:43 +0300
..............................................................................................................................................
Boa noite Cyro Moulin Rêgo


Meu nome é Mylena, sou filha de Carlos Angelo Frizzera, o vaca....em anexo umas fotinhas dele.


e domingo está confirmada a presençaa dele.


Atenciosamente
Mylena
...............................................................................................................................................


joelson almeida ribeiro
joelsonalmeida2011@hotmail.com
Para cyromoulinrego@hotmail.com

Olá Cyro Moulin Rêgo,

 Foi fantástica a idéia do blog.
 Sou o Joelson Almeida Ribeiro, incrível, mas não tive um apelido que realmente pegasse.
 Quando era agricolano, morava em São Mateus, em 81 mudamos para o Pará e aki estou até hoje, fui professor, gerente de fazenda de cacau e seringueira, gerente de indústria florestal e empresário no setor florestal, hoje sou empresário na área de construção civil e assessor especial do prefeito da minha cidade - Tomé-açu-Pará.
 Sou casado a 26 anos com Dona Ilda, temos quatro filhos: Vinicius(23 anos) trabalho comigo, Thais(22 anos) cursa o último ano de engenharia civil na Universidade Federal do Pará, Tacila(21 anos), iniciando o curso medicina na UBA - Universidade de Buenos Aires e a Tamiris(20 anos), Iniciando o curso de arquitetura também na UBA - Buenos Aires.
 Que grandes saudades tenho dos amigos agricolanos, como esquecer da familia Sossai, do Jaides Boca de véia, do Carlos Valter(Texeira de Freitas), o Bode, o Vanusa, o Bombril, o Caga osso, o Beiçola(Desmaiava quase todo dia), o Vaca, o Texaco, os Pigmeus, o Pinotti, o Remelinha, o João Ratão, o Zé Eustáquio, Manete e irmão, Evaristo(Caial, Peito mucho), o Massaro(Curujinha) e muitos outros, muita gente boa espalhado por este mundão.
 A EAFECOL, não foi só uma escola a mais no nosso curriculum, foi uma lição de vida, ali, naquele torrão deixamos de ser simplesmente alunos e passamos a ser cidadãos, com valores adquiridos que nos serviriam para toda a vida, quantas são as vezes na labuta da vida, em determinada situação, comento com alguém "aprendir em colatina que deve ser assim...", desde o ato de jogar um papel no chão, até, a incansável rotina de toda quinta-feira, cantar o hino nacional e fazer apresentação na frente dos agricolanos enfileirados na manhã fria da margem do Rio Doce.
 Hoje, tenho um sentimento de culpa por não ter aproveitado mais intensamente os momentos que vivi naquele lugar, hoje eu percebo que apesar de ter aprendido muito, muito mesmo, deveria ter aprendido muito mais.. Falha minha, coisa da juventude.
 Quantas e quantas vezes fomos fazer visita noturno no pomar empunhando uma fronha vazia e retornava com ela cheia de laranja e tangerina, chegando no dormitório esparramava os frutos pelo corredor para os "medrosos" aproveitarem um pouco, isso para nós era muito divertido, hoje eu sei que era a tal da ADRENALINA, tão popular no vocabulário atual.
 Quantas vezes dormir na rodoviária de Colatina e João Neiva, e quando não tinha dinheiro(maioria das vezes) dormia no trevo de João Neiva/Colatina a espera de carona.
 E a bola, fiz muitos gols... futebol de campo(Sr. Jacob) salão(Mestre Bombril), até no handebol... Éramos felizes e não sabiamos.
 Vou estar presente no encontro em João Neiva, dia 27, vou exclusivamente para rever os grandes amigos.

 Estou enviando em anexo algumas fotos da familia.

Uma abraço agricolano do irmão

 joelson, de Belem (PA)


....................................................................................................
Ei Cyro Moulin Rêgo ,estive visitando o blog e viajei no passado, que bom cara que vc está fazendo este trabalho é nossa história sendo resgatada, cara pensei que só eu estava barrigudo, mas tem uns que além de barrigudo estão carecas, que por sinal é meu apelido, mas que bom rever nossa turma, que homens sérios, bons pais, esposos, empresários, fiquei triste pelos amigos que faleceram, mas parabéns pela iniciativa, vou fazer o possível para estar lá no encontro, vou te passar por e-mail algumas fotos minha e de minha família, moro em Nova Venécia e trabalho com escola de cursos de capacitação profissional, tenho uma família que é à base de minha vida, minha esposa Beth e minhas filhas Isabel e Raquel que são minhas sócias nas empresas, uma em Nova Venécia, outra em São Mateus (Km 41) e a recém-inaugurada em São Gabriel da Palha, Sou Diretor Regional da ADHONEP (Associação de Homens de Negócio do Evangelho Pleno) Região norte ES, meu e-mail edmarmenegusse@hotmail.com, quem quiser entrar em contato será o maior prazer e pelo fone 27 8121 7651. Mais detalhes como viajem a Bolivia e outras no Orkut.
Edmar Menegucci (Careca), Nova Venécia ,19 de março de 2011 ,13:41
.......................................................................................................................................


De:
Mariana Molino (maripmolino@hotmail.com)
Enviada:
Para:
Ciro Moulin Rêgo:
Lamentamos muito não poder estar presente no encontro. Segue a foto; estaremos torcendo para que o encontro tenha sucesso.
Abraços a todos os ex-alunos.
Professores Iraci e Molino
...........................................................................................................................................................
Date: Thu, 3 Mar 2011 21:38:37 -0300
Subject: Envio de fotos para postar no blog.


Olá Cyro Moulin Rêgo!!
Tudo tranquilo?
Estou enviando algumas fotos que selecionei, estão compactadas. Pode descompactá-las? 
Fica a seu critério a postágem.
Assim que conseguir algumas mais antigas do colégio, farei o envio, ok?
Gostaria que colocasse o nome de todos de minha turma, pois lembro da ordem de chamada na aula, na cabeça.
*ADELINO, ANDERSON, ANTÔNIO GONÇALVES, ARLINDO, CRIZÓGNO, DEOCIDES, ÉGNER, FERNANDO CEZAR, FERNANDO JOSÉ, FREDERICO, HONÓRIO, HUDSON, HUMBERTO, ILVÉCIO, JAILTON(neguinho capueira), JOÃO BOSCO, JOSÉ BRAZ, JOSÉ CARLOS, MARIA APARECIDA, SANDRO, SÍLVIO LAPORTE, VILSON, WANDER E WÉSLEY.


Abraço e fique com Deus.
.............................................................................................................................................


CAGA OSSSOOOO!!!!
 COMO ESTÃO OS PREPARATIVOS PARA O ENCONTRO,E LIGA PARA O JOSE DE ASSIS,E PEDE AJUDA QUE ELE ESTA COM MUITA GRANA OK?


Em 9 de março de 2011 15:07, Estêvão José Marchesini Fonseca Marchesini <estevao.marchesini@gmail.com> escreveu:
ADOREI AS FOTOS !!!!!!! KKKKKKKKK COLOQUE UMA SUA,CAGANDO UM GRANDIOSO OSSO DE BALAIA JUBARTE!!!..............................................................................................
*Esse recado abaixo me deixou feliz e emocionado, veio do estimado e amigo professor Celso . Quantas vezes fui o último a chegar em suas aulas bem cedinho, num frio danado,enrolado em coberto. Irmaõs agricolanos, leiam com atenção, é muito emocioante:


Cyro Moulin Boa tarte!!!boa tarde mesmo!!!
A última vez que nos vimos foi na rodoviária de Colatina, há mais ou menos trinta anos. Encontrei voce triste devido às circunstâncias em viagem para Rio Bananal, onde se não me engano iria tentar recomeçar. E agora tomo conhecimento de que você está organizando uma festa para os estudantes da turma (PQRSTUVX) 1980 da Escola Agrotécnica se encontrarem para matar a saudade. E que saudades????
Para a turma uma pequena reflexão daquela composição de Ataufo Alves:
Eu daria tudo que eu tivesse
Pra voltar aos dias de criança
Eu não sei pra que a gente cresce
Se não sai da gente essa lembrança
Aos domingos, missa na matriz
Da cidadezinha onde eu nasci
Ai, meu Deus, eu era tão feliz
No meu pequenino Miraí
Que saudade da professorinha
Que me ensinou o beabá
Onde andará Mariazinha
Meu primeiro amor, onde andará?
Eu igual a toda meninada
Quanta travessura que eu fazia
Jogo de botões sobre a calçada
Eu era feliz e não sabia”.


 
Uma saudação especial para você Cyro Moulin pela excelente idéia do Blog e da festa.
Fiquei feliz quando encontrei o José Braz Benedito que me falou sobre a idéia de reunião da turma de 80 e agora extremamente emocionado ao encontrar este blog e ver que apesar de estarmos tão perto, ficamos muito distantes. Talvez por não termos dado a devida importância àquilo que fez  parte de nossas vidas.
Agora me dou conta de como aqueles momentos passados junto de vocês foram importantes. Minha vida profissional como Professor começava ali.
A vida naquele lugar era difícil, a comida era horrível, no café com leite que mais parecia água de batata, o pão era seco, o almoço era um pouco melhor, mas a janta todos os dias era sopa, e que sopa? Quando era servido o feijão, tínhamos que separar primeiro os bichinhos que vinham juntos para depois sem outra opção, comermos.
No meu primeiro dia de aula, às cinco e quarenta da manhã (esse era o horário), me deparei com uma turma de l60 alunos, quase todos homens, só havia umas quatro ou cinco mulheres, alguns mais velhos do que eu, enfileirados como uma tropa de soldados do exército. Fiz a chamada que demorava quase a metade da aula e mandei a turma correr ao redor do campo para o aquecimento, no retorno só havia metade da turma, a maioria escondidos pela neblina “fugia” para o dormitório para terminar de dormir. 
Lá aprendi muitas coisas importantes para a minha vida profissional, muitas coisas mesmo. Falo com toda a certeza, aprendi muito mais do que ensinei. Mas, a maior experiência que tive foi aquela do meu primeiro dia de aula, quando me deparei com um aluno que se retirou da turma e estava urinando na cerca da quadra. Na turma havia algumas alunas e eu achei aquilo o maior abuso e desrespeito. Então para mostrar minha “autoridade” encaminhei o mesmo para a diretoria da escola para ser punido. Tempos depois entendi que aquilo era um hábito adquirido no internato. A convivência era entre pessoas do mesmo sexo, para eles tratava-se de uma atitude normal, mesmo porque o local destinado a pratica de esporte e educação física, não dispunha de instalações sanitárias.
Realmente só agora percebo como aquele período foi importante para mim e tantos outros que por ali passaram. Pena que não soubemos aproveitar ainda mais.
Se puder tenham certeza de que estarei presente nesta festa que será inesquecível.
Por enquanto é isso.


Um abraço a todos do amigo de agora e sempre
Celso José Salomão-Professor de Educação Física
From: cejosalomao@hotmail.com
To: cyromoulinrego@hotmail.com
Subject: Agrotécnica 1980
Date: Sun, 6 Mar 2011 14:48:52 -0300
..................................................................................................................................................................
“Prezado Caga OSSSSSOOOOO....UAU????
Este texto é muiutooooooo bom ,QUERO COMPARTILHAR COM VCS E SEUS FAMILIARES MEUS NOBRES COLEGAS E AMIGOS AGRICOLANOS.


Estêvão Gordo-Mutum Marchesini - Belo Horizonte (MG)


As Possibilidades Perdidas
Martha Medeiros


 “Fiquei sabendo que um poeta mineiro que eu não conhecia,chamado Emilio Moura, teria completado 100 anos neste mêsde agosto, caso vivo fosse. Era amigo de outro grande poeta,Drummond. Chegaram a mim alguns versos dele, e um em especial me chamou a atenção: "Viver não dói. O que dói é a
vida que não se vive". Definitivo, como tudo o que é simples. Nossa dor não advém
das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez
companhia por um tempo razoável, um tempo feliz. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado
do nosso amor e não Conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela
eternidade interrompida. Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga
pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar. Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos
estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está
sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.Com o aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta ésimples com o um verso: se iludindo menos e vivendo”
mais
..............................................................................................
.jbrasileiro disse...
Olá Cyro Moulin Rêgo! Tudo tranqüilo?
 Sou formando da segunda turma, ou seja, 1981.
Lembro de todos vocês, e estou muito feliz em rever através das fotos postadas no blog criado por você.
Parabéns pela idéia.Gostaria de enviar algumas fotos para que você possa analisar e se for possível postá-las, ok?
 Para isto, gostaria que fizesse um passo-passo, enviando através de e-mail. Sou JOSÉ BRAZ BENEDITO, sempre morador de Colatina, onde trabalho desde 1984, no SIF ( Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura). Trabalho em frigorífico, e gostaria de enviar algumas fotos de meu trabalho, lazer e de minha família.
Meu e-mail é: jbrazbenedito@gmail.com
Abraço e fiquem todos com Deus.!!
..............................................................................................
Bom Dia Cyro Moulin Rêgo,
 Parabéns pela iniciativa, o blog Eafecol80 esta além de informatio muito divertido!
Tenho certeza que meu pai, Ailton Pessimilio, o qual não me revelou seu apelido agriculino (muito curiosa!),
ficará muuuito feliz ao conhecer o blog que descobri, no entanto, prefiro reservar esse momento de alegria para quando ele fizer parte deste.
Para isto, estou mandando em anexo algumas fotos e a baixo algumas informaçoes sobre o irmão agriculino de vc`s
(tudu para ser postado no blog que só depois mostrarei para ele).
 Ailton Pessimilio hà mais de 20 anos é proprietário de uma vidraçaria em Colatina(ES), atualmente reside em Alto Liberdade-Marilândia (ES), é casado com Carina Fiorotti, tem duas filhas Jaiane 25 anos (do primeiro casamento) e Isabelly 3 anos.
Curiosidade: Cyro eu estudei com suas filhas no castelo branco, na turma da flora, meninas lindas encantadoras, e de nomes que eu sempre conto nas conversas de rodas de amigos...nunca esquecerei fauna, brisa e flora!mande um grande beijo grande.
 .............................................................................................
Olá Cyro Moulin Rego,
Tudo bem?
Sou filha do Toninho (Coruja) e estou mandando a pedido algumas fotos.
Tenho certeza que o evento/festa será incrível!
Abraço, Angélica Marssaro, Eunápolis (BA)
..............................................................................................
Cyro Moulin Rêgo , boa noite
Mais uma vez parabens .
Em relação ao encontro informo que não poderei compareçer , mas fico feliz de ler as noticias dos colegas de seus sucessos ,vitorias e lembranças lembre a todos que estarei sempre ao dispor  e que as recordações de verdadeiros amigos é real .
Para juntar as informações dos colegas farei 27 anos de casado ,tenho 4 filhos que são o meu orgulho o mais velho é o Felipe ele é formado em Odontologia o segundo é o Alvino que é formado em medicina o terceiro é o Régis , formou-se em   farmacia e a mais nova é a Mayra que esta no terceiro ano de engenharia florestal todos na Universidade Federal do Pará - em Belem , sendo assim reafirmo minha disposição a qualquer colega da turma de 80 da EAFCOL.
Abraço a todos
João Maestri Dalla Maestri
Dom Elizeu (PA)
.................................................................................................................................................................
Ciro Moulin Rego  seu grande FDP mesmo depois de 32 anos, continua a me sacanear? Lembras que foste tu que me apelidastes ?.
Grande abraço
Darli Punheta - Alagoinhas (BA)
.........................................................................
Para: Cyro Moulin Rego <cyromoulinrego@hotmail.com>


MEU GRANDE AMIGO CIRO MOULIN REGO,VULGO CAGA OSSO............
VENHO ATRAVES DESTE TE FALAR QUE POR ENQUANTO NÃO SOU AVÔ,(DUAS FILHAS SOLTEIRAS ATÉ FORMAREM)ESTE LINDO MENINO É FILHO DE UM SOBRINHO DE MINHA ESPOSA,SE CHAMA JOÃO GABRIEL,ELE ME ADORA E EU MUITO MAIS QUE ELE....ESTA CRIANÇA FORTE,LINDA E MUITO INTELIGENTE FOI ABONDONADA PELA MÃE(DESCULPE!!! MÃE NUNCAAAA UMA ...NEM SEI O QUE)..............
ABRAÇÃO
Em 19 de fevereiro de 2011 15:07, Cyro Moulin Rego <cyromoulinrego@hotmail.com> escreveu:
Estevão Marchesini  (BH) 
..............................................................................................
Valeu Cyro Moulin Rêgo:
Estou realmente triste por não poder participar dessa confraternização.
Meus telefones: 71 3082 0218; 71 8807 2668; meu e-mail: eustaquioqueiroz@gmail.com
Cyro Moulin Rego, estou querendo enviar uns exemplares do meu livro para sortear no dia do encontro; mande um endereço para eu fazer a remessa.
 José Eustáquio Guimarães de Queiroz
Salvador (BA)
..............................................................................................
Cyro Cyro Moulin Rego,
 Segue em anexo as linhas que prometi.
 Se não gostar, me fale que eu escrevo outras.
 Tenham um bom final de semana!
 Abraços,
-- José Eustáquio
(Salvador - BA)

Queridos Colegas:
Agradeço imensamente a oportunidade, através deste pequeno
texto, de poder estar junto de vocês.
Infelizmente, não poderei ver:
- os cabelos já escassos e quase brancos da maioria;
- as barrigas proeminentes debruçadas sobre as partes íntimas;
- os sulcos sinuosos que insistem em se apossar de muitos rostos;
- as veias grossas, quase que completamente expostas, sob a pele
fina do dorso das mãos.
Por outro lado, felizmente, não ouvirei:
- minha pressão anda meio alta;
- estou com o açúcar acima do recomendado;
- obrigado, esta comida tem muita gordura;
- nunca fiz exame de próstata;
- estou com problemão, daqueles.
A sugestão do amigo Cyro, para que eu escrevesse umas linhas me
fez voltar ao tempo em que não tínhamos as preocupações citadas
acima.
De repente, ainda lendo o seu e-mail, senti o inconfundível gosto do
café e do leite gelado, que tantas vezes bebemos no restaurante da
Escola.
E assim, após me deliciar daquele café com leite, que às vezes
detestava, me vi sentado nas escadas do prédio principal olhando o
Rio Doce e o trem passar.
Sutilmente, vários colegas se aproximaram e começamos a contar
as nossas últimas aventuras e peraltices:
- pegamos dois sacos de ponkam;
- quebrei todos os vidros da sala de aula;
- fui de penetra na festa daquele pomerano de uma figa;
- hoje fiz dois gols na pelada;
- vou levar sal pra comer tomate na hora da aula prática;
- o Ari deu o maior esporro na galera.
- (cada um pode contar uma história)
É isso aí, colegas! Tivemos uma juventude invejável e que jamais
será esquecida.
Apesar da distância física da nossa família, ou em função disso,
soubemos aprender as lições da vida e tornamo-nos homens de
bem.
Amigos, desejo que este encontro sirva para reavivar a nossa
amizade e a nossa alegria agricolana.
Tenham todos, muita saúde, sucesso e sabedoria para guiar os
passos nossos filhos e netos.
Um abraço fraternal e um beijo no coração de cada um de vocês,
Zé Eustáquio.
Salvador (BA)




...............................................................................................................................................................
Ei Cyro, que isso irmão vc não tem que pedir desculpas, não há nada a desculpas, nós te agradecemos pela iniciativa, meus parabéns e muito obrigado, qualquer dia desses te ligo. abraço.
Só te peço um favor assim que puder nos passar os dados como e-mail e fone de cada um que esteve na festa para sempre mantermos contato.
Abraço.

Edmar Menegusse ( Careca)
..................................................................................................................................................................
Boa Noite Cyrão e Serrote
Desculpas por ter que sair antes do encerramento.
O encontro foi um momento de espiritualidade: pela nossa existência e passagem por esta vida. Você e Serrote (e equipe) conseguiram ir além das expectativas das manifestações de carinho e respeito por todos. Estamos devendo esta a vocês e meu reconhecimento pela dedicação. Somos uma turma diferente e especial.
Fiquei tão feliz pelo momento que não sei como agradecer, perdi até as palavras.
Estou enviando cópia do encarte da música Natureza, que foi escrita na máquina de datilografia. Se se consegue divulgá-la no blog. Não considero a Natureza letra de minha inspiração, mas de todas essas cabeças maravilhosas que somos nós. que ela fique como uma lembrança de nossa passagem.
Abraço fraterno.
João Pinotti
.................................................................................................................................................................
Depois de 1980


Ciro bom dia,
Excelente ideia do Blog, em fim pude ter noticias de vários amigos da primeira turma de técnicos formados na EAFECOL, sou da terceira turma formada em 1982, me recordo da eleição para o centro cívico escolar a qual ganhei com apoio total da primeira turma capitaneada por meus irmãos Luiz Carlos e Eloizio Sossai, estou enviando uma foto do time de futebol da EAFECOL campeão das olimpíadas da escolas técnicas do Espírito Santo mais a participação da Escola Agrotécnica Federal de Rio Pomba - MG realizada em Alegre em 1982 para colocar no blog, a foto e da comemoração pela conquista em São Domingos do Norte.
Eloir Bento Sossai (SãoMateus), 11 de março de 2011
........................................................................................................................................................................................................................
 
Nosso irmão agrocolano José Braz Benedito e sua filha Lorrayne, nossa sobrinha linda
 
No trabalho
No trabalho
Enchente de 1979
Enchente de 1979

Acampamento preferido de José Braz
José Braz e amada, nossa irmã agricolana
Pai de José Braz
Sítio de José Braz
Campo de futebol de José Braz
Família de José Braz
José Braz metido a pescador
Enganando e dando uma de bom pescador o nosso José Braz